475 milhões de animais morrem por ano nas estradas brasileiras

0 687
A derrubada das florestas e a falta de estruturas nas rodovias são as principais causas dessa mortandade.

animaisatropelados

Cálculos do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE), da Universidade Federal de Lavras, MG, estimam que até 475 milhões de animais silvestres são mortos por atropelamento por ano. São 15 por segundo. O dado é uma taxa média para o Brasil extrapolada a partir de 14 estudos científicos. A maioria desses animais – 90% são de pequeno porte.

Na tentativa de reverter esse quadro, a principal aposta dos cientistas e de ambientalistas para conter os atropelamentos é o Projeto de Lei 466/2015, em tramitação em regime de urgência na Câmara, que cria regras para as rodovias. Pela proposta do deputado Ricardo Izar (PSD-SP), elaborada com os pesquisadores do CBEE, todas as estradas têm de adotar medidas que auxiliem a travessia da fauna, como instalação de sinalização e redutores de velocidade e passagens aéreas ou subterrâneas.

Segundo Ugo Vercillo, diretor do Departamento de Espécies do Ministério do Meio Ambiente, enquanto o PL não sai, medidas para tentar reduzir os atropelamentos são feitas nos processos de licenciamento de rodovias. “Temos noção do problema e estamos buscando soluções. Mas talvez a velocidade de ação esteja mesmo abaixo da velocidade das vias”, afirma.

Chega a ser um absurdo esperar que uma lei seja aprovada para se proteger a fauna. Se consciência houvesse, essas medidas estariam sendo colocadas em prática independente de legislação e multas. Melhor ainda, se não derrubássemos nossas florestas, talvez esses animais não estariam nas rodovias.

(Com informações do UOL)

NO COMMENTS

Leave a Reply