As vantagens da construção sustentável

0 621
Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
Arquitetos, engenheiros e urbanistas cariocas e de Brasília (DF) tiveram a oportunidade, em novembro, de saber um pouco mais sobre como transformar ideias em realidade.
Na Indonésia, uma escola sustentável, construída com bambu.
Na Indonésia, uma escola sustentável, construída com bambu.

Como promover uma cultura construtiva que esteja em sintonia com a natureza e aproveite melhor recursos como luminosidade, ventilação, temperatura ambiente, gere menos resíduos e evite a emissão de gases de efeito estufa?

Arquitetos, engenheiros e urbanistas cariocas e de Brasília (DF) tiveram a oportunidade, em novembro, de saber um pouco mais sobre como transformar essas ideias em realidade.

Especialistas do Programa Madeira é Legal – uma iniciativa voltada para promover o uso da madeira certificada na construção civil brasileira – realizaram uma série de atividades educacionais no Rio de Janeiro (RJ) e em Brasília (DF). Cerca de 90 pessoas participaram de palestras e visitas técnicas que mostraram as vantagens e benefícios do uso responsável da madeira na construção civil.

Um dos palestrantes foi o professor do Centro de Pesquisa e Aplicação de Bambu e Fibras Naturais da Universidade de Brasília (CPAB/UnB), Jaime Almeida. Ele mostrou aos participantes seu trabalho – que trata basicamente de testar diversas modalidades de uso do bambu na construção. Ele testa colas, formatos, bambus de origens diferentes (matérias-primas vindas do Acre e de Goiás, por exemplo) e como isso pode ser aplicado no trabalho de arquitetos e engenheiros. Jaime falou ainda de como as fibras do bambu, por exigirem baixa tecnologia, podem ser usadas para gerar rendas em comunidades tradicionais por meio da confecção de itens de mobiliário e instrumentos musicais.

O arquiteto Ivo Mareines, por sua vez, mostrou como a tecnologia influencia o seu trabalho com a madeira. Um dos proprietários do estúdio de arquitetura e urbanismo Mareines + Patalano, ele é responsável por diversos projetos conhecidos por sua ousadia e contemporaneidade, como a Casa Folha, no Rio de Janeiro. Ele contou suas experiências, mostrou alguns desafios enfrentados por sua empresa e falou dos fornecedores que possui.

Tecnologia

As palestras foram seguidas de visitas técnicas. Os participantes foram ao Pavilhão de Exposições da Granja do Torto e à sede do Centro de Pesquisa a Aplicação de Bambu e Fibras Naturais (CPAB/UnB), onde puderam conferir in loco as pesquisas do professor Jaime.

Para a curadora técnica dos eventos, a arquiteta LEED AP Alessandra Barassi, este ciclo de palestras serviu para mostrar, a profissionais e estudantes, como a tecnologia pode auxiliar no uso sustentável e responsável da madeira. “Em outras palestras e momentos, nós vimos obras. Esta foi a primeira vez que fomos em um laboratório ver como se faz. Ver o tipo de cola que se usa no trabalho com bambu e madeira, conhecer as etapas que compõem o processo de laminação e colagem e entender as diferentes aplicações de alta tecnologia em madeira foi uma experiência muito proveitosa”, explicou.

Benefícios

Utilizada da maneira adequada nos sistemas construtivos, a madeira reduz o tempo de construção; promove a diminuição de resíduos no canteiro de obras e dá efeito visual diferenciado às estruturas que compõe. Ela também é um material mais leve e de fácil manuseio. Além disso, a madeira pode ajudar na gestão e conservação das florestas brasileiras; auxilia na manutenção da biodiversidade e é uma ferramenta no combate aos prejuízos causados pelas mudanças climáticas – a madeira estoca carbono que seria lançado na atmosfera e agravaria os problemas climáticos existentes hoje.

(Fonte: WWF)

Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

NO COMMENTS

Leave a Reply