Como contribuir para reduzir a poluição do ar

0 2498
A poluição do ar não vem só do escapamento dos carros ou das fábricas. O que fazemos e o que consumimos também pode contaminar o ar

poluisaopaulo

Você já parou para pensar na qualidade do ar que respira? E a sua participação para que esse ar esteja respirável?

É cômodo para nós pensarmos que resolver o problema da poluição do ar é obrigação dos governos do mundo todo. Engano. É o ambiente em que vivemos, que está à nossa volta, que nos deixa mais ou menos saudáveis. Então, sim, é também nossa obrigação pensar e agir para mudar essa realidade, principalmente nas cidades.

Para isso, algumas atitudes e informações são necessárias.

A poluição não acontece apenas nas ruas, ao ar livre. Ela também está presente dentro de casa ou no local de trabalho, onde a maioria das pessoas passa cerca de 90% do seu tempo.

É preciso lembrar que a poluição pode causar problemas de saúde e isso não tem tempo para acontecer. Tanto pode ser de um dia para o outro ou os males do ar contaminado só se manifestarem em um ou mais anos. Isso depende do tipo de poluente que está contaminando o ar. Segundo a Organização Mundial da Saúde, em grandes aglomerados urbanos são comuns doenças relacionadas às vias respiratórias causadas pela poluição.

Pesquisa realizada pelo Instituto Saúde e Sustentabilidade mostrou que cerca de 17,4 mil pessoas morreram em um ano no estado de São Paulo por conta da má qualidade do ar.

É preciso entender, ainda, que a poluição do ar não é somente causada por indústrias, fábricas ou automóveis. Vários aparelhos que todos nós usamos no dia a dia contribuem. Um laptop, por exemplo. emite 12 gramas de poluentes por hora ligado, enquanto uma TV de LCD produz 88 gramas. A sua calça jeans jogou 6 kg de gás carbônico na atmosfera para ser produzida, e seus sapatos (um par só!) jogou 11,5 kg.

É aí que entra a participação do cidadão: reduzindo o consumo, automaticamente a emissão de poluentes estará sendo reduzida.

Outra medida simples que contribui com uma menor geração de agentes poluentes é trocar o carro pelo transporte coletivo – pelo menos algumas vezes na semana, pela bicicleta ou por caminhadas.

Plantar árvores e mudas de plantas, as mais diversas possíveis.

Tenha em mente que uma árvore plantada neutraliza a emissão de poluentes da produção de sete livros. Cinco mudas de árvores absorvem gás carbônico equivalente à produção de três pares de sapatos; e 30 árvores compensam o uso de um laptop ligado direto por dois anos.

Faça a sua parte. Invista no seu jardim, plante mudas onde for possível. No sítio, no vaso, no jardim. Vamos respirar um ar melhor para todos.

NO COMMENTS

Leave a Reply