Concurso vai premiar imagens de áreas úmidas

    0 677
    Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
    Para lembrar a importância das áreas úmidas para o futuro do planeta, Comitê de Ramsar promove concurso fotográfico para jovens
    Mapa das áreas úmidas no Brasil. (Fonte: MMA)
    Mapa das áreas úmidas no Brasil. (Fonte: MMA)

    O Comitê Permanente da Convenção de Ramsar instituiu, em 1997, o Dia Mundial das Áreas Úmidas, a ser celebrado anualmente em 2 de fevereiro. O objetivo é estimular a realização de ações e atividades que chamem a atenção da sociedade para a importância das áreas úmidas e para a necessidade de sua preservação.

    A data foi escolhida em homenagem ao dia da adoção da Convenção, 2 de fevereiro de 1971, fato que aconteceu na cidade de Ramsar, no Irã.

    Para comemorar a data, até o próximo dia 2 de março, o site www.worldwetlandsday.org está promovendo um concurso de fotografia para jovens entre 15 a 24 anos. Valem fotos tiradas com celulares ou câmeras digitais em alguma área úmida. Vale lembrar que o horário de envio da foto é o suíço (quatro horas à frente do horário de Brasília). O prêmio será uma viagem para uma área úmida que o vencedor escolher. Inscrições e envio das imagens devem ser feitos no site.

    Áreas úmidas no Brasil

    Áreas Úmidas (AUs), na definição elaborada por peritos brasileiros de todo o país, são ecossistemas que interagem em ambientes terrestres e aquáticos, continentais ou costeiros, naturais ou artificiais, permanente ou periodicamente inundados ou com solos encharcados.

    As águas podem ser doces, salobras ou salgadas, com comunidades de plantas e animais adaptados à sua dinâmica hídrica.

    No País, há várias áreas úmidas, como: o Parque Nacional do Pantanal Mato-Grossense (MT), a Área de Proteção Ambiental das Reentrâncias Maranhenses (MA), a Área de Proteção Ambiental da Baixada Maranhense (MA), o Parque Estadual Marinho do Parcel de Manuel Luiz (MA), o Parque Nacional do Araguaia – Ilha do Bananal (TO), o Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS), a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (AM), a Reserva Particular do Patrimônio Natural SESC Pantanal (MT), a Reserva Particular do Patrimônio Natural Fazenda Rio Negro (MS), o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos (BA), o Parque Estadual do Rio Doce (MG) e o Parque Nacional do Cabo Orange (AP).

    (Fonte: Ana)

    Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

    NO COMMENTS

    Leave a Reply