Cooperativas de catadores podem ganhar equipamentos para reciclagem

0 439
Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
Programa da empresa Tetra Pak seleciona cooperativas e doa equipamentos para incentivar a cadeia da reciclagem no Brasil.
Usina de reciclagem. (Imagem: Tetra Pak).
Usina de reciclagem. (Imagem: Tetra Pak).

Prensa, balança, esteira de triagem e empilhadeira são equipamentos utilizados na triagem de materiais recicláveis e que podem ser pleiteados por cooperativas de catadores de todo Brasil através de um programa desenvolvido pela Tetra Pak que contribui para modernizar e incentivar a cadeia da reciclagem no Brasil.

Para se inscrever no programa de cessão de equipamentos da empresa, as entidades interessadas devem entrar em contato pelo email falecom.meioambiente@tetrapak.com.

Os requisitos mínimos para uma organização estar apta a participar do processo seletivo de cessão de equipamentos de triagem em comodato da Tetra Pak são:

  • – Ser uma cooperativa ou associação de catadores de materiais recicláveis;
  • – Possuir documentação regularizada e válida (CNPJ, Inscrição Estadual, Estatuto, Ata de Assembléia e de Eleição da Diretoria Atual, comprovante de posse/aluguel/uso regular do terreno no endereço onde os equipamentos serão instalados);
  • – Fazer triagem de material reciclável proveniente de coleta seletiva (e não com o lixo orgânico misturado);
  • – Fazer a separação e comercialização correta das embalagens longa vida para reciclagem;
  • – Necessitar realmente dos equipamentos requisitados, conforme avaliação in loco dos consultores da Tetra Pak;
  • – Se comprometer com a instalação, uso e manutenção adequada dos equipamentos a serem cedidos;
  • – Estar localizada em local seguro e adequado para a instalação e operação dos equipamentos; e
  • – O equipamento deve impactar positivamente no aumento da organização e produtividade da cooperativa/associação.

Além do cumprimento desses requisitos, a Tetra Pak também possui critérios de priorização que são utilizados para selecionar as cooperativas e associações a serem apoiadas em cada ano. São eles:

  • – O volume de material recebido mensalmente e no seu potencial de triagem após a instalação do equipamento;
  • – A localização em municípios mais populosos e com maior potencial de consumo;
  • – A participação em programas de coleta seletiva municipais através do recebimento dos materiais recicláveis coletados;
  • – A avaliação estratégica da Tetra Pak em termos de sua abrangência nacional de atuação;
  • – A disponibilidade de orçamento para realizar esse investimento;
  • – A viabilidade logística.

As entidades aprovadas nessas etapas estão aptas a receberem o apoio da Tetra Pak com a cessão em comodato dos equipamentos de triagem.

O processo de cessão de equipamentos continua com a aprovação do investimento pela matriz Tetra Pak, passando pela assinatura do contrato de comodato (que devem ser realizados diretamente entre a Tetra Pak e a cooperativa/associação), até a compra e entrega do equipamento na entidade selecionada.

As entidades que recebem equipamentos em comodato da Tetra Pak são monitoradas periodicamente para verificação da necessidade, utilização e do estado do equipamento.

As cooperativas/associações que se inscreverem, mas não forem selecionadas no processo seletivo de determinado período, receberão um comunicado explicitando as razões de não terem sido contempladas e o que devem fazer para tornarem-se aptas a concorrer no próximo ciclo do programa.

(Fonte: Tetra Pak)

Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

NO COMMENTS

Leave a Reply