Energia solar terá tecnologia e dinheiro para ser desenvolvida nos países pobres

    0 993
    Aliança entre França e Índia quer arrecadar US$ 1 tri para transferir tecnologia e financiar projetos de energia solar

    energiasolar

    “Justiça climática”, disse o presidente francês na Cúpula do Clima de Paris, ao se referir na aliança entre França e Índia para transferir tecnologia e financiamento para o desenvolvimento da energia solar nas nações mais pobres.

    “A riqueza do amanhã virá das novas energias que se desenvolvem por todo o mundo, em particular da energia solar”, falou François Hollande.

    A aliança consistirá em uma “plataforma de cooperação entre os países desenvolvidos que dispõem de tecnologia solar e os que estão em vias de desenvolvimento, situados entre o trópico de Câncer e o de Capricórnio, que querem desenvolver seu potencial no setor”. A declaração foi assinada por mais de 30 países, entre eles Chile, Bolívia, El Salvador, Indonésia, Etiópia, Estados Unidos e Nigéria.

    O objetivo dessa rede global em favor de uma “vanguarda” de Estados que acreditam na energia solar – a aspiração é chegar a uma centena – é arrecadar US$ 1 trilhão de financiamento necessário até 2030 para a transferência de tecnologias adaptadas às necessidades específicas de cada país.

    A aliança solar internacional buscará não só “reduzir o custo de financiamento e tecnológico do desdobramento imediato de instalações solares competitivas” nos Estados signatários, mas também “abrir vias a novas tecnologias de produção, de armazenamento e de fabricação de bens sobre a base da energia solar”.

    NO COMMENTS

    Leave a Reply