Pitanga, um fruto rico em cálcio

0 535
Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
Comum em algumas cidades do sudeste e sul do país, o fruto da pitangueira previne doenças como a osteoporose
pitanga (Eugenia uniflora L., dicotiledônea da família das mirtáceas). (Imagem: M. Scotti).
pitanga (Eugenia uniflora L., dicotiledônea da família das mirtáceas). (Imagem: M. Scotti).

Fruto da pitangueira, uma árvore nativa originária da Mata Atlântica brasileira, a pitanga (Eugenia uniflora L., dicotiledônea da família das mirtáceas),é rica em vitaminas A e C, cálcio, fósforo e ferro, o que significa potencial antioxidante, favorável à prevenção de doenças como a osteoporose. No fruto ainda se encontram antocianinas e fenóis, substâncias capazes de prevenir doenças degenerativas e na proteção de moléculas de DNA.

Em sua composição, estão presentes ainda antocianinas e fenóis, substâncias capazes de prevenir doenças degenerativas e atuantes na proteção das moléculas de DNA contra mutações que podem levar ao câncer.

Mas não são apenas os frutos que são benéficos à saúde humana. As folhas da pitangueira também possuem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, diuréticas e calmantes naturais. Na forma de chá, podem ser usadas no tratamento da febre, hipertensão e doenças estomacais. Também ajudam no tratamento de bronquite e reumatismo.

A pitangueira

É uma árvore praticamente rústica, de porte pequeno a médio, com 2 a 4 metros de altura. Em algumas condições de solo fértil e clima favorável, por exemplo, pode chegar acima dos seis metros.

O plantio é feito simplesmente pela colocação de um caroço de pitanga no solo ou pelo transplante de uma muda. Nasce praticamente em qualquer tipo de solo, incluindo os terrenos arenosos junto às praias e terrenos secos.

A árvore pode ser usada na recuperação de áreas degradadas, em reflorestamentos ou mesmo como árvores ornamentais plantada em jardins e ruas da cidade.

Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

NO COMMENTS

Leave a Reply