Programa investe na dessalinização para levar água potável ao semiárido

    0 888
    Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
    O Água Doce pretende recuperar ou instalar 277 sistemas de dessalinização no Ceará
    Unidade de dessalinização de São José do Seridó.
    Unidade de dessalinização de São José do Seridó.

    Elaborado para garantir à população do semiárido o acesso à água de boa qualidade, o Programa Água Doce, do governo federal, está estruturado em seis eixos de atuação: gestão, pesquisa, sistemas de dessalinização, sustentabilidade ambiental, mobilização social e sistemas de produção.

    A gestão é responsável pela formação de recursos humanos, elaboração de diagnósticos técnicos e ambientais, manutenção e operacionalização dos sistemas, além de dar o apoio ao gerenciamento e manutenção dos sistemas.

    A pesquisa é direcionada à otimização dos sistemas de produção com o aprofundamento dos conhecimentos em plantas halófitas, nutrição animal e piscicultura.

    Com o compromisso de garantir o uso sustentável dos recursos hídricos, promovendo a convivência com o semiárido a partir da sustentabilidade ambiental e social, segundo o governo federal, o programa beneficia cerca de 100 mil pessoas em 154 localidades do Nordeste. 

    Dessalinização

    Em março deste ano (2015), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária anunciou o compromisso de instalar e recuperar 277 sistemas de dessalinização em cidades do Ceará, através do Programa Água Doce.

    Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

    NO COMMENTS

    Leave a Reply