São Paulo vai gerar energia a partir do esgoto

0 454
Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone
O lodo que resulta da decomposição do esgoto libera biogás, combustível que pode ser aproveitado na geração de energia
O aproveitamento do biogás na geração de energia reduz a emissão de CO2. (Imagem: divulgação)
O aproveitamento do biogás na geração de energia reduz a emissão de CO2. (Imagem: divulgação)

O biogás produzido durante o processo de tratamento de esgoto vai ser usado pela Sabesp, a Companhia de Saneamento Básico do estado, para a produção de energia. De quebra, a promessa é eliminar o volume de lodo descartado no aterro sanitário, que chega a 500 toneladas por dia.

Para isso, a companhia abriu edital, que prevê um contrato de concessão de 30 anos com a iniciativa privada na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Barueri, a maior da grande São Paulo. Nela são tratados mais de 20 bilhões de litros de esgoto por mês de 4,4 milhões de pessoas da região, incluindo parte da capital. A Sabesp vai fornecer o lodo e o biogás gerados na ETE e a empresa que ganhar o edital, entrará com a tecnologia para gerar energia térmica e elétrica.

A expectativa é que sejam gerados 5 megawatts de energia nos primeiros cinco anos e 10 megawatts a partir do sexto ano. Essa energia é suficiente para suprir de 60% a 75% o consumo de energia da própria ETE.

Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPrint this pageEmail this to someone

NO COMMENTS

Leave a Reply