agroextrativismo

0 122
Gestão de organizações associativas, negócios sustentáveis, programas de crédito e políticas públicas são algumas das abordagens do edital.
(imagem: ICMBio)

Organizações sociais e atividades produtivas, ou econômicas sustentáveis, de comunidades beneficiárias das reservas extrativistas – Resex – federais nos estados do Maranhão, Piauí e Tocantins podem participar do edital do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade – ICMBio para o curso de capacitação em reservas extrativistas.

0 240
Para incentivar o consumo de espécies da sociobiodiversidade brasileira, governo federal publicou uma lista de produtos cultivados pelo agroextrativismo.
Açaí, um produto altamente saudável colhido no sistema agroextrativista no Amazonas. (Imagem: divulgação).
Açaí, um produto altamente saudável colhido no sistema agroextrativista no Amazonas. (Imagem: divulgação).

De acordo com a FAO, órgão das Nações Unidas para alimentação e agricultura, a América Latina e o Caribe têm a maior base de recursos genéticos de espécies cultivadas e consumidas em todo o mundo, tais como milho, batata, mandioca, batata-doce, tomate, feijão, amendoim, abóbora, pequi, goiaba, entre outras.

0 281
Profissionais serão capacitados como coordenadores pedagógicos e tutores em dois cursos destinados a 2,4 mil participantes do meio rural.
Com foco no agroextrativismo como fator de transformação social, os cursos são presenciais, realizados em Brasília. (Imagem: MMA)
Com foco no agroextrativismo como fator de transformação social, os cursos são presenciais, realizados em Brasília. (Imagem: MMA)

Com foco no agroextrativismo como fator de transformação social, o Ministério do Meio Ambiente vem selecionando tutores por meio de chamada pública para a realização de cursos na área de educação ambiental para que possam trabalhar com a transição agroecológica e produzir com segurança e qualidade alimentar, contribuindo para a redução do êxodo rural.

0 1900
Conjugar a exploração agropecuária com a conservação do meio ambiente ajuda a barrar o desmatamento
Colheita do açaí, na região amazônica, um exemplo do extrativismo que deu certo. (Imagem: Paulo de Araújo/MMA)
Colheita do açaí, na região amazônica, um exemplo do extrativismo que deu certo. (Imagem: Paulo de Araújo/MMA)

A derrubada das florestas está diretamente associada a expansão da fronteira agrícola, ao crescimento da pecuária e a exploração mineral.

O agroextrativismo nada mais é do que a atividade agrícola, o cultivo de árvores frutíferas, a pesca, entre outras, combinadas com atividades extrativistas, gerando o que se chama de conjunto de sistemas complexos de produção agroextrativista. Dessa forma, se garante a exploração racional dos recursos naturais e a conservação do meio ambiente, dando ainda ao agroextrativista a possibilidade de gerar renda.