ecoturismo

A caminho das águas quentes de Abrolhos, na Bahia, as baleias chegam ao litoral até o final de novembro deste ano,  período de reprodução da espécie.
As jubartes. (Imagem: ICMBio/divulgação).
As jubartes. (Imagem: ICMBio/divulgação).

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a chegada das baleias é um espetáculo único, que exige muitos cuidados por parte dos seus observadores. Os emalhes em equipamentos de pesca e o aumento atípico do número de encalhes preocupa os pesquisadores.

As águas de São Lourenço, em Minas Gerais, são procuradas por milhares de turistas que buscam uma vida saudável.
Pilares de São Lourenço Processo de desobstrução e energização através  de três processos em granito: 1 – Captar a energia do cosmo e direcioná-la para o interior da terra (Parque II) 2 – Captar a energia do interior da terra e direcioná-la para o cosmo (Fonte Oriente) 3 – Canalizar as duas energias para manter o equilíbrio da região (Monjolo) (Imagem: M.Scotti).
Pilares de São Lourenço
Processo de desobstrução e energização através de três processos em granito:
1 – Captar a energia do cosmo e direcioná-la para o interior da terra (Parque II)
2 – Captar a energia do interior da terra e direcioná-la para o cosmo (Fonte Oriente)
3 – Canalizar as duas energias para manter o equilíbrio da região (Monjolo)
(Imagem: M.Scotti).

 

Por Marcos Scotti – Há lugares no Brasil onde vida saudável é sinônimo de gente feliz. São Lourenço, a 393 quilômetros de Belo Horizonte, em Minas Gerais, é um destes lugares.

É difícil resumir o que é esta cidade mineira que faz parte do Circuito das Águas, mas, ao abrir a varanda de uma pousada no alto da colina ou a janela de casa no entardecer e ver uma paisagem de montes, montanhas, matas ainda preservadas e uma cidade esparramada entre o que sobrou da mata atlântica mineira, se começa a entender um pouco mais do que é viver com paz e tranquilidade, do jeito mineiro de ser.

Sossegado, quieto, hospitaleiro, de bem com a vida e com a natureza. É contagiante. Em pouco tempo você acaba se sentindo mineiro também.

Quem vai a São Lourenço encontra uma cidade que cresceu em torno de fontes hidrominerais, que deram sustentabilidade econômica ao município e o fizeram destino do turismo saudável.

A cidade das águas é particularmente procurada pela terceira idade, às centenas, em função das propriedades terapêuticas das fontes que brotam na região. E não são poucas. O Parque das Águas – cartão de visitas da cidade -, projetado, construído e administrado por uma empresa do ramo alimentício, por força de um compromisso assumido entre a empresa e a população e administração pública, quando a companhia comprou a marca de água envasada “São Lourenço” e se instalou na cidade, recebe diariamente centenas de pessoas em busca de saúde.

Águas sulfurosas, alcalinas, ferruginosas, cada qual indicada para um determinado fim (veja lista das indicações), além dos banhos e massagens terapêuticos que, ali mesmo no parque podem ser desfrutados, fazem de São Lourenço um paraíso.

Principal pólo comercial do circuito (são dez as cidades mineiras que fazem parte do Circuito das Águas, onde está a maior concentração de águas minerais do Planeta), São Lourenço tem o segundo maior parque hoteleiro do estado.

Do jeito mineiro
sao-lourenco-2a
Os saguis andam soltos no Parque das Águas, em São Lourenço. (Imagem: M.Scotti).

Mas a cidade não tem só água e excelentes pousadas e hotéis para se hospedar. A incomparável comida mineira, passeios a cavalo nas fazendas, a boa prosa, trilhas ecológicas e até vôo de balão, fazem dessa cidade um lugar para se voltar sempre.

No trem, puxado por uma locomotiva de 1928, um passeio que leva o visitante a uma viagem que serpenteia entre a Mata Atlântica e o Rio Verde, o principal curso d’água da região.

São Lourenço, entre os montes de Minas. (Imagem: M.Scotti)
São Lourenço, entre os montes de Minas. (Imagem: M.Scotti)

É bem verdade que turista aqui, quando próximo aos pontos mais visitados da cidade, esbarra com um prestativo “charreteiro”, o que, aliás, é um dos charmes de São Lourenço. É de lei: passear de charrete pela cidade é como relembrar os tempos passados. De charrete se é conduzido aos principais pontos turísticos da cidade – a antiga estação de trem, o teleférico, a cidade dos doces, onde foram gravadas locações da novela “Chocolate com Pimenta” e as principais ruas, ainda calçadas com nostálgicos paralelepípedos.

Para que finalidade é usada a água
  • Águas Carbonatadas: Indicadas na dispepsia, gastrites, úlceras gastroduodenais, hepatites, diabetes e moléstias da nutrição.
  • Águas Cabogasosas: Apropriadas no combate a moléstias dos rins, do fígado, cálculo renal e vesicular além de serem diuréticas.
  • Águas Bicarbonatadas Mistas: Podem tratar moléstias gastrointestinais,
    hepatite, dispepsia e mólestias renais.
  • Águas Iodadas: Indicadas nas arteriosclerose, reumatismo, insuficiência tireoidiana, bócio e mólestias do fígado e do rins.
  • Águas Sulfurosas: Apropriadas para as moléstias alérgicas, eczemas, artrites e reumatismo
  • Águas Ferruginosas: Podem tratar anemias ferroprivas e estimular o metabolismo.
  • Águas Cloretadas: Indicadas nas moléstias gastrointestinais, gastrites, pancreatites, hepatites e moléstias renais.
  • Águas Bicarbonatadas Cloretadas: Apropriada para tratar moléstias gastrointestinais, gastrites, pancreatites, hepatites e moléstias renais.
  • Àguas Bicarbonatadas Cloro-sulfatadas: Podem tratar moléstias do aparelho digestivo, de nutrição, artritismo e eczemas por conterem bicarbonato, cloretos e sulfatos alcalinos.
  • Águas Sufurosas Bicarbonatadas: Indicadas para moléstias de pele, nas afecções reumáticas de fundo alérgico e atua como estimulante das funções gastrointestinais.
  • Águas Sulfurosas-bicarbonatadas e Sulfatadas: Indicadas no combate ao artritismo, gastrite e moléstias de pele, por serem bastante alcalinas.
  • Águas Sulfurosas-bicarbonatadas e Cloro-sulfatadas: Podem tratar pacientes com reumatismo crônico, dispepsias, afecções hepáticas e atuar como estimulante do metabolismo.
  • Águas Ferruginosas-bicarbonatadas: Indicadas no tratamento de anemias ferroprivas.

A observação das baleias de maneira embarcada foi suspensa em virtude do excesso de embarcações e operadoras não regulamentadas que ofereciam o serviço. No entanto, o ICMBio está cadastrando barcos para esse fim.
Observação de baleias em Santa Catarina. (Imagem: ICMBio).
Observação de baleias em Santa Catarina. (Imagem: ICMBio).

Começou a temporada das baleias na região da Área de Proteção Ambiental (APA) da Baleia Franca, administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no litoral de Santa Catarina. Vários animais já foram vistos na unidade de conservação. A observação de baleias pode ser feita por terra.

0 700
Campanha incentiva turismo responsável durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

passaporte-verde1

A campanha Passaporte Verde, coordenada pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), é uma iniciativa que busca promover práticas de produção e consumo sustentáveis na atividade turística, tanto na prestação de serviços quanto na conscientização dos turistas para que adotem comportamentos responsáveis em suas viagens.

0 602
Trabalho conjunto entre o Instituto Ambiental do Paraná e o Clube Paranaense de Montanhismo prepara voluntários e melhora estrutura para dar mais segurança à quem anda em busca de aventura
Pico Paraná, o ponto mais alto do estado, com 1.877,39 metros. (Imagem: Fazenda Pico Paraná).
Pico Paraná, o ponto mais alto do estado, com 1.877,39 metros. (Imagem: Fazenda Pico Paraná).

No pedaço melhor conservado da Mata Atlântica no Brasil, praticamente onde a Serra do Mar encontra o Atlântico, a maior montanha do sul do país se ergue imponente, emoldurada pelo verde da floresta.

O Pico Paraná, com 1.877,39 metros acima do nível do mar, é um destino que atrai montanhistas e aventureiros de todo o país e do exterior. Por esse motivo, o Parque Estadual Pico Paraná está ganhando infraestrutura para oferecer ao visitante “mais segurança, qualidade no uso público e envolvimento com a unidade de conservação”, disse o gerente do parque, Harvey Schlenker. Para que isso acontece, o Instituto Ambiental do Paraná, responsável pelo parque, trabalha em conjunto com o  Clube Paranaense de Montanhismo, que, na forma de voluntariado, dá apoio ao trabalho de visitação.

0 537
A exploração sustentada da natureza no turismo de aventura vai gerar desenvolvimento sustentável no Parque Nacional em Goiás
Canionismo no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Foto: Ion David/ICMBio/divulgação).
Canionismo no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Foto: Ion David/ICMBio/divulgação).

A água que corre pelos desníveis do terreno formam cânions, cachoeiras, poços, labirintos de curvas e pedras e corredeiras que fascinam quem se dedica a uma aventura. Andar em um cânion é adrenalina certa. Andar em um cânion se utilizando de técnicas e equipamentos de rapel, salto, tirolesa e recursos de natação, dá-se o nome de canionismo, um esporte que vem se tornando comuns em áreas naturais protegidas no país.

0 691
Governo quer gestão compartilhada e conselho gestor para a paradisíaca ilha do litoral paranaense
Forte da Ilha do Mel. (Imagem: AEN)
Forte da Ilha do Mel. (Imagem: AEN)

A lei nº 16.037, de Zoneamento e Gestão Ambiental da Ilha do Mel, no litoral do Paraná, instituída em 2009, está sendo revista. O que se pretende é um novo modelo administrativo para o ponto turístico reconhecido internacionalmente como um dos mais belos do litoral sul do país.

Parques naturais podem ser explorados para o turismo ecológico, valorização da cultura local e conscientização ambiental
"Pantanal Alagoano" terá plano para desenvolvimento turístico. (Imagem: divulgação AL)
“Pantanal Alagoano” terá plano para desenvolvimento turístico. (Imagem: divulgação AL)

Para que servem as áreas de proteção ambiental?

Uma das funções de um parque, além de preservar e conservar, é proporcionar conhecimento às pessoas que o visitam, tanto a nível científico como palco de ações de educação ambiental e desenvolvimento sustentável.

1 2525
Conhecer a história do “homem nas Américas” de bicicleta, uma experiência única por entre as mais belas pinturas rupestres e formações geológicas do Brasil e do mundo
Pedra Furada, esculpida pela natureza na Serra da Capivara. (Imagem: divulgação Terral)
Pedra Furada, esculpida pela natureza na Serra da Capivara. (Imagem: divulgação Terral)

Por Marcos Scotti – Uma história que começa há 100 mil anos, no coração da caatinga no estado do Piauí, a 530 quilômetros da capital, Teresina, em uma área de fantásticas formações geológicas cavadas pelo tempo na pedra de arenito, onde estão gravadas as mais preservadas pinturas rupestres que se tem notícias em todo o planeta.

O seu negócio é sustentável?

coloque_seu_negocio_no_mapa

Sua empresa se preocupa com o meio ambiente ou usa recursos da natureza para gerar negócios, emprego e renda?

Se você é um empresário em dia com as preocupações socioambientais do planeta, NÓS VAMOS COLOCAR O SEU NEGÓCIO NO MAPA.

Em edições virtual e impressa, o INEAM, em parceria com a Trilha na Mata – Cadernos de Sustentabilidade, vai publicar, em duas línguas (português e inglês ou português e espanhol), roteiros e atrações que interessam ao seu negócio, serviços e produtos, dando ênfase ao respeito pelo meio ambiente e à construção do conhecimento socioambiental, cultural e histórico.

A ideia é contribuir para impulsionar o turismo sustentável e valorizar a marca do seu negócio.

Mensagem para quem interessa

Destinado aos apaixonados pela aventura, pela natureza, pela história e pelo conhecimento, a edição virtual será publicada no portal ineam.com.br e divulgada nas redes sociais do Instituto e ao mailing do portal de educação ambiental.

Na edição impressa, os roteiros e mapas serão publicados na forma de caderno, possibilitando o transporte e manuseio de maneira fácil e simples.

Caderno impresso e mapa virtual interessam à:
  • Agências e operadoras de turismo na natureza, de aventura e histórico.
  • Empresas que tenham produtos e serviços relacionados com o universo socioambiental.
  • Aos turistas que andam ansiosos por informação e roteiros no meio ambiente.
  • Aos “loucos” por natureza.
Distribuição

A distribuição do “Cadernos de Sustentabilidade” será feita em aeroportos, salas de espera de rodoviárias, pontos de informação turística, agências especializadas e veículos de informação de massa. A distribuição será gratuita.

SAIBA COMO COLOCAR O SEU NEGÓCIO NO MAPA.

Solicite informações ou uma visita do Instituto Nacional de Educação Ambiental, pelo e-mail ineam@ineam.com.br ou pelo telefone (41) 3334-3778.

Ajude o INEAM a praticar Educação Ambiental colocando O SEU NEGÓCIO NO MAPA.