mudanças climáticas

0 783
Evento no Rio de Janeiro vai falar de mudanças climáticas para todos os públicos

futuro_criancas_de_hoje

O que cada um de nós pode fazer para tornar esse mundo um local melhor para essa e as futuras gerações? Num ano crucial pelo clima, a União Europeia, a Fundação Planetário do Rio de Janeiro e o WWF-Brasil se unem na organização de um evento sobre mudanças climáticas chamado “UE Brasil – Clima: Somos Todos Responsáveis”.

 Durante oito dias, organizações e indivíduos do Brasil e da Europa farão debates e exposições sobre os desafios das mudanças climáticas e as formas de diminuir o nosso impacto no planeta. As atividades estão relacionadas às seguintes áreas: Urbanismo e Mobilidade Urbana; Uso da terra e Agricultura; Segurança e Clima; Energia; Água; Resíduos Sólidos.

 Serão exposições, palestras, oficinas e várias outras atividades, que terão a participação de Vik Muniz, Gilberto Gil, Sonia Bridi, Pedro Paulo Diniz e João Amorim, além de muitas outras personalidades comprometidas com o meio ambiente.

Durante o evento, acontecem exibições de filmes sobre meio ambiente e mudanças climáticas, palestras de especialistas europeus e brasileiros sobre o impacto e as soluções para combater, mitigar e se adaptar às mudanças climáticas, atividades para crianças, incluindo filmes, oficinas de reciclagem, contação de histórias, teatro, entre outras, além de exposições sobre soluções climáticas e instalações de arte sustentável.

A abertura oficial da Semana dedicada ao Clima acontecerá no dia 3 de novembro no Planetário do Rio de Janeiro e contará com o Comissário da União Europeia para o Clima e a Energia, Miguel Arias Cañete, a Ministra do Meio Ambiente do Brasil, Izabella Teixeira, o Governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, o Presidente Honorário do Planetário do Rio, Celso Cunha, o secretário-geral do WWF-Brasil, Carlos Nomoto, entre outros.

Programação

30/10 – Lançamento das atividades “In Love we Trash”, instalação com o uso de sacolas plásticas realizada pelo coletivo espanhol Basurama, que, de forma criativa, chama a atenção sobre os resíduos produzidos localmente. Local: Planetário.

 31/10 – Projeção do filme Lixo Extraordinário (Waste Land), seguida de debate com Vik Muniz (artista plástico), Karen Haley (diretora do filme) e Tião do Santos (protagonista). Local: cúpula do Planetário.

 2/11 – Desfile de roupas e acessórios feitos com produtos de reciclagem pelo estilista Joel Souza, que promoverá oficinas durante todos os dias anteriores. Local: Planetário.

 3/11 – Falas inspiracionais de Pedro Paulo Diniz (empreendedor ambiental); Sonia Bridi (jornalista da Globo, especializada em Meio Ambiente); Tião dos Santos (protagonista do filme Lixo Extraordinário), Ernst Gotsch (pesquisador e agricultor orgânico) e João Amorim (diretor de cinema e TV), entre outros. Local: Planetário.

 4-5/11 – Palestras de especialistas europeus e brasileiros sobre o impacto e as soluções para combater, mitigar e se adaptar às mudanças climáticas. Local: Planetário.

 5/11 – Debate Clima e Cultura: A Função das Artes e dos Artistas ao Inspirar uma Verdadeira Mudança Positiva, com a participação dos artistas brasileiros Bené Fonteles e Xico Chaves, além do coletivo espanhol Basurama. Local: Livraria Travessa – unidade Botafogo.

Além das atividades e as exposições abertas ao público, o evento contará ainda com conferências técnicas, exclusivas para especialistas da área.

(programação completa em www.semanadoclima.org.br)

Serviço:
UE Brasil – Clima: Somos Todos Responsáveis
Planetário do Rio de Janeiro, Rua Vice-Governador Rúbens Berardo, 100 – Gávea, Rio de Janeiro,
Telefone: +55 21 2274.0046
De 30 de outubro a 6 de novembro
Horário: 10h às 17h

1 771
As contribuições devem ser enviadas por meio de um formulário no site do Ministério do Meio Ambiente até o dia 21 de novembro.

aquecimento_global-2

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) está com uma consulta pública aberta para a elaboração do Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima (PNA), que vai definir o que deverá ser feito no país para reduzir os impactos dessas mudanças sobre as pessoas, atividades econômicas e os ecossistemas.

0 747
Enquanto as mudanças no clima acontecem e seus efeitos são sentidos, governantes do mundo todo ainda teorizam sobre o que fazer

sustenta

Por Marcos Scotti – A Cúpula do Clima, realizada no final de setembro em Nova York, que serve de reunião preparatória para a Conferência Climática de Paris, a COP 21, mostrou a disposição dos países em buscar soluções para atingir os objetivos de zerar a emissão de carbono no Planeta. 

0 1315
Mudanças climáticas estão alterando o habitat de espécies marinhas e colocando em risco sua sobrevivência
Pesca do atum e mudanças climáticas colocam em risco a espécie. (Imagem: AP)
Pesca do atum e mudanças climáticas colocam em risco a espécie. (Imagem: AP)

Estudo desenvolvido pelo World Wildlife Fund e a Zoological Society of London, divulgado esta semana, mostra que a população de mamíferos, pássaros, peixes e répteis marinhos caiu quase pela metade (49%) desde 1970.

Algumas espécies, como o atum e a cavala, apreciados na culinária, estão ficando ainda mais escassas. Segundo as entidades, a queda na população dessas espécies foi de 74%.

0 494
O objetivo é entender melhor os impactos atuais e potenciais das mudanças climáticas em seus negócios

pontecaida

Uma nova versão da “Ferramenta para Elaboração de Estratégias Empresariais de Adaptação” e a publicação do manual “Adaptação às Mudanças Climáticas no Setor Empresarial” foram colocadas a disposição do empresariado brasileiro pelo governo federal.

0 1351
O aquecimento do Planeta altera o metabolismo de plantas e animais comprometendo ecossistemas locais
No sul do Brasil, os ipês roxos floriram ainda no inverno. (Foto de arquivo)
No sul do Brasil, os ipês roxos floriram ainda no inverno. (Foto de arquivo)

As mudanças no clima estão mexendo com o relógio biológico dos seres vivos. De todos os seres vivos.

O inverno que se transformou em verão no sul do país, provocado pelo aquecimento das águas do Pacifico, fez florir ipês, cerejeiras e árvores frutíferas antes do tempo. O que normalmente acontece somente no auge da primavera, aconteceu ainda na estação mais fria do ano.

0 1877
Pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria mostra preocupação das grandes empresas com os efeitos das mudanças climáticas sobre os negócios

aquecimento_global-2

Levantamento divulgado no inicio de setembro pela Confederação Nacional da Indústria – CNI mostrou que 75% dos executivos das industrias brasileiras estão sim preocupados comj os efeitos das mudanças climáticas sobre os negócios.

O carro chefe das preocupações veio com as grandes empresas. 76% dessas empresas colocam os efeitos das mudanças climáticas como potencial perturbador dos negócios e 46,7% dos executivos dizem que a consciência de que isso esta acontecendo e fundamental para uma mudança de comportamento.