trindade

A riqueza natural das águas costeiras faz com que sejam especialmente cobiçadas pela pesca, considerada uma das principais ameaças aos arquipélagos de Trindade e Martim Vaz e São Pedro e São Paulo
Onde ficam os arquipélagos transformados em reservas marinhas. (Imagem: MMA).

As ilhas brasileiras mais afastadas do continente – os arquipélagos Trindade e Martim Vaz (ES) e São Pedro e São Paulo (PE) – entraram para a lista das reservas marinhas protegidas no Brasil em março de 2018, fazendo com que o índice das águas marinhas protegidas no país saltasse de 1,5% para 25%.

No entanto, a configuração das novas reservas que somam 92 milhões de hectares, o equivalente aos Estados de Minas Gerais e Goiás juntos, jogou um balde de água nas pretensões de pesquisadores e ambientalistas. Segundo eles, as mudanças nos planos originais comprometeram a proteção de vários trechos cruciais para o equilíbrio ecológico das regiões.